Xangai

Por Aline Costa

  • Destino: Xangai
  • País: China
  • Ano de Fundação: 991 a. C
  • Moeda: Yuan
  • Idioma Oficial: Chinês Mandarim
  • Religião Predominante: Politeista
  • Regime de Governo: Republica Popular
  • Feriados Oficiais:
  • 01° de Janeiro – Ano Novo
    02° de Fevereiro – Ano Novo Chinês
    08° de Março – Dia para as Mulheres Trabalhadoras
    04° de Abril – Dia das Tumbas 
    01° de Maio – Dia do Trabalho
    04° de Maio – Dia da Juventude
    06° de Junho – Barco do Dragão
    01° de Julho – Dia da Fundação do Partido Comunista
    01° de Agosto – Dia do Exército
    01° de Outubro – Dia  Nacional da Fundação da  República Popular
  • Números de Habitantes: 18.670.000
  • Número de Aeroportos: 1
  • Aeroporto: Aeroporto Pudong Internacional (PVG)
  • Companhias que voam para o destino: American (AA), Continental (CO), United (UA), Delta (DL), Air Canada (AC), British (BA), Lufthansa (LH), Tam (JJ) Emiretes (EK),Usair (US) ,Air France (AF), Quatar Airways (QR),Air China (AC)
  • Principais Pontos Turísticos:

The Bund
Xin Tian Di
Shanghai Museum
Shanghai Pathways
Bund International Architecture Exhibition
Expo China Pavilion
Happy Valley of Shanghai
Shanghai Circus World
 

  • Informações Gerais: Seu desenvolvimento mercantil e financeiro iniciou-se quando, no fim da guerra do Ópio (Tratado de Nanquim, 1842), teve de se abrir ao trafego comercial com os países ocidentais. Brevemente adquiriu o monopólio de metade do comércio externo da China, atingindo um grande desenvolvimento urbano e demográfico.
  • Histórico: Antes da Segunda Guerra Mundial, era o maior centro comercial do Extremo Oriente, com 4.300.630 habitantes, divididos entre uma parte chinesa e outra europeia, gozando esta do direito de extraterritorialidade, com um regime jurídico próprio.
    Este aspecto peculiar da cidade nasceu dos excessos praticados pelos rebeldes taipingues durante o período de domínio que exerceram sobre ela, de Setembro de 1853 a Fevereiro de 1855. Xangai foi então internacionalizada, e o serviço da Alfândega marítima passou a mãos estrangeiras, regime que se tornou extensivo, em 1858, a todos os portos incluídos no contrato que se celebrou. Depois de criada esta situação, uma nova tentativa de conquista da cidade, levada a efeito, em 1860-1861, pelos mesmos rebeldes, foi repelida por voluntários e por forças da marinhas inglesa e francesa.
    Assim se transformou Xangai, com carácter efetivo e permanente, numa colónia cosmopolita, em cuja administração intervinham as potências signatárias do Tratado, por intermédio dos seus representantes consulares. Esta posição especial permitiu-lhe observar a neutralidade durante a guerra sino-japonesa de 1894-1895 e a revolta dos boxers de 1900. O mesmo não sucedeu, porém, no decurso das guerras civis que se seguiram à proclamação da República, em que a cidade sofreu muito, sobretudo em 1925 e 1926, quando uma sangrenta praga de xenofobia a assolou, o que foi pretexto para o desembarque de forças expedicionárias estrangeiras, que, nos arredores, se empenharam em vigorosos combates.
    Na década de 1930, Xangai tornou-se um dos maiores portos marítimos da Ásia, com opulentos bancos e edifícios de escritórios ladeando o porto nas margens do rio Huangpu.
    Em 1945, após a rendição japonesa, a cidade foi ocupada por forças americanas, a pedido de Chiang Kai-shek, a fim de impedir que essa ocupação fosse levada a efeito por Mao Zedong e as suas tropas comunistas, há muito já em armas que nesse momento se evitou veio a verificar-se em 1949, depois da definitiva derrota das forças nacionalistas e a sua retirada para a Taiwan. A partir desse ano, pois, dada a profunda reorganização do país, as condições de vida da cidade mudaram totalmente, passando a fazer a partir daí parte integrante da República Popular Chinesa. A maioria dos cidadãos estrangeiros abandonaram a cidade, também o fizeram alguns empresários chineses que preferiram organizar os seus negócios em Hong Kong.
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Destinos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s