Uberlândia

Por Aline Costa

 

  • Destino: Uberlândia
  • País: Brasil
  • Estado: Minas Gerais
  • Ano de Fundação: 1888
  • Moeda: Real
  • Idioma Oficial: Português
  • Religião Predominante: Católica
  • Regime de Governo: Democracia
  • Feriados Oficiais:
    01º de Janeiro – Confraternização Universal
    21º de Abril– Tiradentes
    22º de Abril – Paixão de Cristo
    01º de Maio – Dia do Trabalho
    15° de Agosto – Dia de N. Sra. Assunção (municipal)
    31° de Agosto – Aniversário da Cidade
    02º de Novembro – Finados
    15° de Novembro – Proclamação da República
    08º de Dezembro – Imaculada Conceição (municipal)
    25º de Dezembro – Natal
  • Temperatura Média:
    Inverno: 15°C 
    Verão: 28°C                          
  • Número de Habitantes: 611 903
  • Número de Aeroportos: 1
  • Aeroportos: Uberlândia (UDI)
  • Companhias que Voam para o Destino: Tam (JJ), Gol (G3),Passaredo , Trip (8R)
  • Principais Pontos Turísticos:

Casa da Cultura
Oficina Cultural de Uberlândia

Igreja Nossa Sra. do Rosário
Museu Municipal Palácio dos Leões
Estádio Municipal João Havelange
Parque do Sabiá
Museu do Índio
Praia Clube

  • História:  O primeiro ocidental a pisar na região do atual município de Uberlândia, território até então habitado apenas por indígenas, foi o bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva, em 1632 – na Capitania de São Vicente, que mais tarde passou a pertencer à Capitania de Minas Gerais e São Paulo por Carta Régia de 3 de novembro de 1709. João Pereira da Rocha (1818), após o desbravamento da região pelos bandeirantes, fixou-se pela região, demarcando área próxima à Aldeia de Santana (atual Indianópolis). Ali ele instalou a sede da sesmaria que denominou por Fazenda São Francisco, dando origem ao município. Demarcou ainda a fazenda Letreiro e a do Salto e deu o nome de ribeirão São Pedro a um curso d’água encontrado. A vinda de João Pereira atraiu muitas outras famílias, inclusive os Carrejos que, em 1835, adquiriram parte da fazenda São Francisco e de outras próximas, formando as sedes nas quais se instalaram aqueles irmãos: Olhos d’Água, Lage, Marimbondo e Tenda (a de Felisberto). Felisberto Alves Carrijo que, em 1964, foi legalmente reconhecido como fundador da cidade, era professor com formação adquirida em colégios de missionários. Instalou em sua casa a primeira escola do município e, aos domingos, rezava o terço. Formou um povoado, sendo este, em seguida, denominado como Nossa Senhora do Carmo em homenagem à capela de mesmo nome, inaugurada em 20 de outubro de 1853.
    Em 11 de junho de 1857, foram incorporadas ao patrimônio do povoado mais doze alqueires doados pela esposa de Luís Alves Pereira, Custódia Fernandes dos Santos e outros cidadãos. Essa área já era habitada por escravos e deu origem ao Bairro Patrimônio, pela Lei Provincial nº 831. Exatamente um mês mais tarde é criada a Freguesia de São Pedro de Uberabinha. Em 1861 a capela de Nossa Senhora do Carmo passa por ampliação da Capela, tornando-se a Igreja matriz de Nossa Senhora do Carmo de São Pedro de Uberabinha, que foi demolida em 1943.
    Através do decreto nº 51. de 7 de junho de 1888, as Freguesias de Santa Maria e São Pedro de Uberabinha foram elevadas à categoria de Vila. Dois meses mais tarde, em 31 de agosto daquele ano, foi criado o município de São Pedro de Uberabinha, atual Uberlândia, emancipando-se de Uberaba, pela Lei Provincial nº. 3643. Ao longo dos anos houve várias alterações na subdivisão distrital. Nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1911, o município era constituído dos distritos de Uberabinha (sede) e Santa Maria. Pela lei estadual nº 843, de 7 de setembro de 1923, cria-se o distrito de Martinópolis com terras desmembradas do distrito sede. Pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31 de dezembro de 1943, foram criados distritos de Tapuirama e Cruzeiro dos Peixotos. Sob o mesmo decreto-lei estadual o distrito de Santa Maria passou a denominar-se Miraporanga e Martinópolis a chamar-se Martinésia.
    Em 14 de março de 1891 foi instalada a Vila de São Pedro de Uberabinha, além de ocorrer a posse do 1º Conselho da Intendência Municipal. A criação da Comarca de São Pedro de Uberabinha ocorreu pela Lei nº 11 de 13 de novembro daquele ano. Em 21 de dezembro instala-se o Foro Civil do Termo Judiciário de Uberabinha, Comarca de Araguari. Em 7 de março de 1892 acontece a posse da primeira Câmara Municipal de São Pedro de Uberabinha, sendo Agente Executivo Augusto César Ferreira e Souza.
    Nas ruas e avenidas sem pavimentação trafegavam carroças, charretes e carros-de-boi cujo tráfego era regulamentado por legislação. Essa lei implicava sobre o emplacamento dos carros, a lotação de passageiros permitido em cada charrete, o valor de cada corrida e prescrevia os cuidados que deveriam ser dispensados no trato com os animais. Além das carroças e charretes, os carros-de-boi foram um dos mais relevantes e requisitados meios de transporte. Nem com a chegada da Estrada de Ferro Mogiana em Uberabinha, no ano de 1895, esses meios perderam a sua importância, pois o comércio entre essa cidade e os locais por onde não passavam os trilhos de ferro, era realizado o transporte das mercadorias via carros-de-boi. Para as compras de poucas mercadorias, visitas e em muitas outras atividades, o cavalo era utilizado como meio de transporte.
    Até o ano de 1908, as atividades sociais da população se baseavam nas comemorações religiosas e também dos sacramentos, como ir à missa aos domingos, participar dos batizados, casamentos, organizar e frequentar as quermesses, que ajudavam a botar os fiéis em dia com os seus deveres religiosos e para estreitar o convívio. Também ocorriam apresentações de bandas de músicas aos domingos eram também. Além dessas atividades, parte da população se divertia também realizando e participando de concursos de beleza. Existiam também casas de jogos, que eram chamadas de casas de tavolagem, também considerados espaços de interação.
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Destinos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s