Estocolmo

Por Marie Melo

 

  • Destino: Estocolmo
  • País: Suécia
  • Ano de Fundação: 1523
  • Moeda: Coroa Sueca
  • Idioma Oficial: Sueco
  • Outros Idiomas: Inglês
  • Regime de Governo: Democracia
  • Religião Predominante: Luterana Sueca
  • Feriados Oficiais:
    06° de Janeiro – Dia da Epifania
    15° de Abril – Páscoa
    29° de Maio – Dia das Mães
    17° de Outubro – Dia Internacional para Erradicação da Pobreza
    26° de Dezembro – Santa Etienne
  • Número de Habitantes: 2.182.927
  • Número de Aeroportos: 2
  • Aeroportos: Bromma (BMA) e Arlanda (ARN)
  • Companhias que voam para o destino: Iberia (IB), Turkish (TK), Lufthansa (LH), Air France (AF)
  • Principais Pontos Turísticos: 

Sager House
Praça Normalmstorg
Praça Sergel
A Torre de TV Kaknästornet
Palácio Real de Estocolmo

  • Temperatura Média :
    Verão: 22°C 
    Inverno: 2°C
  • História: A cidade foi fundada por Birger Jarl, sem que haja a certeza de ter efetivamente ocorrido nessa altura, com o intuito de proteger a Suécia das invasões marítimas de navios estrangeiros, e também com o objetivo de tentar travar as pilhagens de cidades tais como Sigtuna nas margens do lago Mälaren. 
    A agora cidade velha, foi edificada perto da ilha de Helgeandsholmen entre 1300 e 1500. A cidade original obteve alguma importância através da Liga Hanseática, um importante acordo econômico entre países da região báltica. Estocolmo desenvolveu-se, crescendo tanto economicamente como culturalmente, estabelecendo importantes uniões nesses campos com cidades tais como Lübeck, Hamburgo, Danzig, Visby, Reval e Riga. Entre 1296 e 1478 a Câmara Municipal de Estocolmo era constituída por 24 membros dos quais mais de metade eram representantes da Liga Hanseática.
    A localização estratégica de Estocolmo no panorama económico de toda a região do mar Báltico fez com que a cidade fosse um elemento preponderante nas negociações entre os Reis da Dinamarca da União de Kalmar e o movimento de independência nacional no século XV. A 8 de Novembro de 1520, ainda antes da separação da Coroa Sueca da União de Kalmar, assistiu-se na cidade ao chamado banho de sangue de Estocolmo, um massacre sem precedentes de membros opositores da União, e por conseguinte apoiantes dos rebeldes independentistas. Com a ascensão de Gustavo Vasa ao poder, em 1523, e com o estabelecimento da monarquia, Estocolmo atingiu tempos de prosperidade tendo a sua população crescido, atingindo uma dezena de milhares de habitantes em 1600.
    No século XVII a Suécia atingiu grande prosperidade e respeito por parte dos países europeus, refletindo-se no desenvolvimento de Estocolmo. Desde 1610 até 1680, a população multiplicou-se seis vezes. Em 1634, a cidade tornou-se a capital oficial do Império Sueco. Foram aprovadas leis que deram a Estocolmo o monopólio do comércio da Suécia e dos territórios escandinavos.
    Durante a segunda metade do século XIX desenvolveram-se novas indústrias e Estocolmo tornou-se um importante centro de serviços e comércio, tal como também na principal porta de entrada por via marítima na Suécia. A sua população cresceu exponencialmente nesta época devido principalmente à imigração que a cidade foi alvo. No final do século, Estocolmo contava já com pouco menos de quarenta por cento de habitantes nascidos na cidade; nessa medida, começou a desenvolver-se para além dos limites da cidade. Durante esta época surgiram na cidade importantes institutos ligados às ciências tais como o Instituto Karolinska.
    Mais tarde, já durante a segunda metade do século XX, a cidade de Estocolmo tornou-se tecnologicamente muito evoluída, e etnicamente muito variada. Muitos edifícios históricos foram deitados abaixo, incluindo o distrito inteiro de Klara para serem substituídos por edifícios de arquitetura contemporânea. Ao longo do século muitas companhias de trabalho mais duro foram-se afastando da cidade, dando lugar a novas empresas ligadas a áreas tecnológicas e científicas e também ligadas aos serviços
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Destinos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s