Bariloche

Por Ana Carla Silva

  • Destino: Bariloche
  • País: Argentina
  • Província: Rio Negro
  • Ano de Fundação: 1902
  • Moeda: Peso Argentino
  • Idioma Oficial: Espanhol
  • Religião Predominante: Cristianismo
  • Regime de Governo: Democracia Republicana
  • Feriados Oficiais:
    01º de Janeiro – Ano Novo
    06 de Janeiro – Dia de Reis
    24° de Março – Dia Nacional de Memória pela Verdade e a Justiça
    01º de Maio- Dia Internacional do Trabalho
    25º de Maio- Revolução de Maio
    09º de Julho – Dia da Independência
    11º de Setembro – Morte de Domingo Faustino Sarmiento
    08º de Dezembro – Imaculada Conceição de Maria
    25º de Dezembro- Natal
  • Número de Habitantes: 130.000
  • Número de Aeroportos: 1
  • Aeroportos: Internacional Teniente Luis Candelaria (BRC)
  • Companhias que Voam para o Destino:  Aerolineas Argentinas (AR), Pluna (PU),  Tam (JJ), Lan Chile (LA)
  • Principais Pontos Turísticos: 

Centro Cívico
Piedras Blancas
Museo de la Patagônia
Calle Mitre
Teleférico Cerro Otto
Bosque de Arrayanes
Ilha Victoria

  • Temperatura Média:
    Inverno: 01°C
    Verão: 18° C
  • Fuso horário em relação à Brasília: 0 hora 
  • História: Em 1895, Carlos Wiederhold instala o primeiro armazém de secos e molhados, mas recém no dia 3 de maio de 1902, através de um decreto presidencial, é oficializada a fundação do assentamento que recebe o nome de San Carlos De Bariloche. Carlos em homenagem a Wiederhold e Bariloche, de uma corruptela de termo Vuriloche, (gente distinta ou diferente de trás ou do outro lado) denominação que recebiam os indígenas que habitavam os vales do setor oriental da Cordilheira dos Andes antes do ingresso dos Mapuches.
    No final daquele verão, chegam ao Nahuel Huapi, provenientes de Buenos Aires, os primeiros visitantes que se intitulam turistas: Aarón Anchorena, Carlos Lamarca e Esteban Lavallol.
    Mais tarde, começam a serem abertos os caminhos de chegada à cidade até que em 1913 é concluída a construção da primeira estrada para carros, graças à visita do ex-presidente norte-americano, Theodoro Roosvelt.
    Em 1912, chega o primeiro avião a Bariloche, que partindo no dia anterior de San Isidro, na província de Buenos Aires, faz escalas em Bahía Blanca, Rio Colorado e Cipolleti.
    Em 1934, com a chegada da estrada de ferro, terminou um longo período de isolamento e rapidamente o tempo dos pioneiros foi ficando para trás e, sem perda de tempo, foram sendo incorporados os mais modernos avanços.
    Por essa mesma época, surgiram os esportes invernais como atividade recreativa da região. A primeira competição de esqui foi realizada no Cerro Otto e dela participou uma dúzia de esportistas. Essa noite houve um baile social no Hotel Suíço e foi eleita a Rainha da Neve.
    Em 1936, graças à inspiração de Ezequiel Bustillo, e com a direção profissional do arquiteto Alejandro Bustillo em colaboração com seu discípulo, o arquiteto De Estrada, foram realizadas importantes obras como o Templo Maior, o Centro Cívico, o hotel Llao Llao, a capela San Eduardo, o edifício da Prefeitura do Parque Nacional e a hospedaria Nacional Ilha Vitória da cidade.
  • Você Sabia?
    O nome Bariloche é devido a um erro de ortografia na adaptação da palavra “Vuriloche”(Nome original do local dado pelos índios que ali habitavam). Em espanhol a letra V é pronunciada como B, então o nome da cidade foi registrado como Bariloche. 
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Destinos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s