Lufthansa

Por Heleny Santos

  • Nome: Lufthansa
  • Origem: Alemanha
  • Ano de Fundação: 1926
  • Número de Aeronaves: 424
  • Aeronaves:
    Airbus A319-100
    Airbus A321-100
    Airbus A321-200
    Airbus A330-300
    Airbus A340-600
    Airbus A380-800
    Boeing 747-400
    Boeing 737-500
    Embraer 195
    Bombardier CRJ900
    Bombardier CRJ700
    Avro RJ85 BA e 146
  • Aliança: Star Alliance
  • Programa de Milhagem: Miles e More
  • Número de Funcionários: 85.900
  • Faturamento: € 22.8 bilhões (2009)
  • Destinos Operados: 202. Os principais são: Londres (LON), Paris(PAR), Roma(ROM), Veneza(VCE), Madri (MAD) 
  • Classes de Serviço:
    Primeira
    Executiva
    Econômica
  • Hubs:  Frankfurt (FRA), Munique (MUC) e Dusseldorf (DUS)
  • Site: www.lufthansa.com
  • Histórico: As origens da principal companhia aérea da Alemanha remontam ao mês de janeiro de 1919, quando foi criada a DLR – Deutsche Luft-Reederei, uma pequena empresa que transportava jornais entre as cidades de Berlim e Weimar. Nesse mesmo ano, juntamente com empresas da Dinamarca, Reino Unido, Holanda, Suécia e Noruega foram fundadoras da IATA, mas as restrições impostas pelas forças de ocupação (a Primeira Guerra Mundial mal tinha acabado) impediram um desenvolvimento mais imediato de sua malha. Durante a primeira metade da década de 20, a empresa passou por diversas mãos. Em 1925, com o nome de DAL – Deutsche Aero Lloyd, fazia parte de um grupo de empresas de transporte naval. A Alemanha possuía então duas grandes empresas, a DAL e a Junkers Luftverkehr. Pouco rentáveis, dependiam de subsídios para continuar operando. Decidiu-se pela fusão: em janeiro de 1926, nascia a Deutsche Luft Hansa Aktiengesellschaft, forma longa do nome original da empresa. A palavra Lufthansa é derivada do alemão Luft (ar, em alemão) e Hansa (a organização de comércio que governou partes do norte da Europa durante a era medieval).
    Entre 1927 e 1930, a companhia aérea foi determinante na criação de companhias aéreas estrangeiras como a Ibéria (Espanha), a Condor (Brasil) e a Eurásia (China). Em 1934 a empresa inaugurou seu primeiro vôo transoceânico. Somente em 1993 a companhia aérea passou a adotar a designação Lufthansa escrita em uma só palavra. Em 1939, início da Segunda Guerra, a malha de rotas já era extremamente densa na Europa, chegando até Pequim, Bangkok e Santiago no Chile. Porém, ao final do conflito, sua frota fora reduzida a cinco aeronaves e alguns vôos domésticos. Nos dez anos seguintes, não somente o país, mas sua aviação comercial teve que recomeçar do zero. Era praticamente um recomeço para a Lufthansa.
    Em 1953, o governo alemão foi autorizado a formar uma nova empresa (chamada Luftag, abreviação de Aktiengesellschaft für Luftverkehrsbedarf, com base em Hamburgo) com uma frota de aviões Lockheed Super Constellation e Convair 340. Em 1 de abril de 1955, a nova empresa fez seu primeiro vôo, já rebatizada de DEUTSCHE LUFTHANSA AG, servindo algumas cidades européias em maio, e em 8 de junho voando para a cidade de Nova York. Com o surgimento dos primeiros jatos, a Lufthansa encomendou o Boeing 707.
    Em 1990, com a reunificação alemã e 45 anos após o final da Segunda Guerra Mundial, a Lufthansa voltou a voar até Berlim. Neste período, resultados financeiros negativos precipitaram um abrangente processo de reestruturação, levando à privatização, concluída em 1997. Também este ano, a empresa aplicou seu golpe de mestre no cenário da aviação internacional: juntamente com a United, Air Canada, SAS, Thai e VARIG criaram a Star Alliance, hoje a mais poderosa aliança de empresas aéreas. No ano seguinte a Lufthansa ganhou uma nova identidade visual com novas pinturas em suas aeronaves, novas cabines, e nova decoração nos escritórios regionais e lounges dos aeroportos. Os exemplos mais recentes de como  a Lufthansa encara o futuro são: o novo conceito de Classe Executiva em rotas de longo curso, inaugurada em dezembro de 2003, e a Flynet, fazendo com que a Lufthansa fosse a primeira companhia aérea a disponibilizar acesso à Internet em banda larga a bordo das suas aeronaves.
  • Você Sabia?
    Diariamente a Lufthansa opera mais de 1.800 pousos e decolagens, transporta 193.000 passageiros e 5.9 mil toneladas de carga, serve 1.17 milhões de refeições e sua central atende aproximadamente 27.400 telefonemas.
    A empresa é ainda a segunda maior companhia aérea cargueira do planeta, transportando aproximadamente 2 milhões de toneladas anualmente para 500 destinos ao redor do mundo.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Companhias Aéreas Internacionais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s