Maceió

Por Marie Melo

 

  • Destino: Maceió
  • País: Brasil
  • Estado: Alagoas
  • Ano de Fundação: 1815
  • Moeda: Real
  • Idioma Oficial: Português
  • Religião Predominante: Católica
  • Regime de Governo: Democracia
  • Feriados oficiais:
    01º de Janeiro – Confraternização Universal
    21º de Abril – Tiradentes
    22º de Abril – Sexta Feira Santa 
    01º de Maio – Dia do Trabalho
    23º de Junho – Corpus Christi
    11° de Agosto – Dia da Magistratura
    27° de Agosto – Nossa Senhora dos Prazeres
    07º de Setembro – Independência do Brasil
    16° de Setembro – Emancipação Política de Alagoas
    12º de Outubro – Nossa Senhora Aparecida
    02º de Novembro – Dia de Finados
    20° de Novembro – Líder Zumbi dos Palmares
    15º de Novembro – Proclamação da República
    25º de Dezembro – Natal
  • Número de Habitantes: 932.608
  • Número de Aeroportos: 1
  • Aeroporto: Internacional Zumbi dos Palmares (MCZ)
  • Companhias que voam para o destino: Tam (JJ), Gol (G3), Azul (AD), WebJet (WH)
  • Principais pontos turísticos: 

Praia Cruz das Almas
Praia da jatiúca
 Praia da Ponta Verde
Praia de Pajuçara
Praia do Sobral

  • Temperatura Média:
    Verão: 30°C
    Inverno : 20°C
  • Fuso horário com relação a Brasília: 0 horas
  • História: O povoado que deu origem a Maceió surgiu num engenho de açúcar. Antes de sua fundação, em 1609, morava em Pajuçara Manoel Antônio Duro que havia recebido uma sesmaria de Diogo Soares, alcaide-mor de Santa Maria Madalena.
    As terras foram transferidas depois para outros donos e em 1673 o rei de Portugal determinou ao Visconde de Barbacena a construção de um forte no porto de Jaraguá para evitar o comércio ilegal do pau-brasil.
    O nome Maceió tem denominação tupi “Maçayó” ou “Maçaio-k” que significa “o que tapa o alagadiço”. O povoado tinha uma capelinha em homenagem a Nossa Senhora dos Prazeres construída onde hoje está a igreja matriz, na Praça Dom Pedro II. O desenvolvimento do povoado foi impulsionado pelo porto de Jaraguá sendo desmembrado da Vila das Alagoas em 05 de dezembro de 1815, quando D. João VI assinou o alvará régio.
    Com a emancipação política de Alagoas, em 1817, o governador da nova Capitania, Sebastião de Mélo e Póvoas iniciou o processo de transferência da capital para Maceió, um processo tumultuado que encontrou resistência de homens públicos e da câmara Municipal. Uma expedição militar de Pernambuco e da Bahia chegaram a Maceió para garantir a ordem e no dia 16 de dezembro de 1839 foi instalada a sede do governo em Maceió. A partir daí Maceió consolidou seu desenvolvimento administrativo e político. Teve início uma nova fase no comércio e começou a industrialização.
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Destinos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s