Delta Airlines

Por Heleny Santos

  • Nome: Delta Airlines
  • Origem: Estados Unidos
  • Ano de Fundação: 1928
  • Número de Aeronaves: 966
  • Aeronaves:
    Airbus A319
    Airbus A320
    Airbus A330-200
    Airbus A330-300
    Boeing 737-700
    Boeing 737-800
    Boeing 747-400
    Boeing 757-200
    Boeing 757-300
    Boeing 767-300
    Boeing 767-300ER
    Boeing 767-400ER
    Boeing 777-200ER
    Boeing 777-200LR
    MD-88
    MD-90
    DC-9
    CRJ-100
    CRJ-200
    CRJ-700
    CRJ-900
  • Aliança: SkyTeam
  • Programa de Milhagem: SkyMiles
  • Número de Funcionários: 81.100
  • Faturamento: U$$ 28 bilhões (2009)
  • Destinos Operados: 375. Os principais são: Sydney (SYD), Berlin (BER), Los Angeles (LAX), Dubai (DXB), Istambul (IST), Atenas (ATH), Londres (LON), Cancun (CUN), Nova Iorque (NYC), PAris (PAR)
  •  Classes de Serviço:
    Primeira
    Executiva
    Econômica
  • Hubs: Atlanta (ATL), Salt Lake City (SLC), Cincinnati (CVG) e Nova Iorque (JFK)
  • Site:  www.delta.com
  • Informações Gerais: A Delta Airlines é uma das mais importantes companhias aéreas dos Estados Unidos com sede na cidade de Atlanta. A companhia era a segunda maior linha aérea do mundo , atrás apenas da United Airlines em termos de passageiros (aproximadamente 119 milhões em 2005); a partir de 30 de Outubro de 2008, com a incorporação da Northwest Airlines se transformou na maior empresa aérea mundial.
  • Histórico: Em meados da década de 20, uma praga na lavoura de algodão ameaçava devastar a economia de todo o sul dos Estados Unidos, uma região eminentemente agrícola. Mas foi justamente esta praga, um castigo que vinha dos céus, que acabou criando uma empresa que, pelos três quartos de século seguintes, faria fama, fortuna e encheria os céus do sul dos Estados Unidos de aviões, não de carunchos. Em 1924, C.E. Woolmann e seu parceiro B.R. Coad, fundaram uma empresa de combate e pulverização da praga, operando dois aviões do modelo Curtiss Jenny. De passagem pela área, um homem de negócios novaiorquino, George Post, viu a atividade e gostou da idéia. Em pouco tempo, convenceu seus empregadores, a Huff-Daland Airplanes, a fundar uma empresa especializada na mesma atividade. Nascia a Huff-Dalland Dusters, baseada em Macon, estado da Georgia. Em 1925, Woolman, que não só era entusiasta da aviação como engenheiro agrônomo, foi trabalhar nesta empresa. Baseada então na cidade de Monroe, era a empresa onde Woolman mexia seus cordéis junto ao governo para conquistar subsídios oficiais para a operação de transporte de correios.
    Finalmente, em 1927, conseguiu assegurar o direito de explorar as rotas da América do Sul até Lima, Peru. E para lá se foi, vivendo na América do Sul por este período. De volta a Monroe, ele convenceu investidores locais a comprar os aviões da Huff -Daland. A comunidade local após efetivamente comprar os quase 25 aviões da Huff-Daland (a maior frota de aeronaves de uma empresa particular em todo o mundo), fez nascer a nova companhia aérea, batizada com um nome absolutamente sulista, como convinha: em homenagem ao delta do Rio Mississippi, no mês de dezembro de 1928, na cidade de Monroe, estado da Louisiana, foi fundada a DELTA AIR SERVICE. Três Travel Air 4000, com capacidade para 5 passageiros, formaram a frota inicial. Logo em seguida, dois Travel Air S-6000B foram adquiridos. O primeiro serviço regular da empresa decolou em 17 de junho de 1929, ligando Dallas a Jackson, Mississippi, com escalas em Shreveport e Monroe.
    Em 1990 a Delta já era a quarta maior empresa aérea norte-americana, quinta maior em todo o mundo e finalmente, uma empresa de âmbito nacional em todos os mercados. Com as dificuldades encontradas pela PanAm, em 1991 resolveu adquirir o controle das operações da mesma. O plano original era transformá-la em sua subsidiária para a América Latina, mas, com a difícil situação financeira da PanAm, a Delta saiu do negócio e a empresa quebrou. Muitos ativos, a frota (Airbus A310), rotas e 7.800 funcionários acabaram nas mãos da Delta, que com os direitos de tráfego da antiga empresa, invadiu a Europa. Não menos prestigiosa, a operação de Ponte Aérea entre Washington-New York-Boston, um dos orgulhos (e galinha dos ovos de ouro) da Pan Am foram transformados na divisão Delta Shuttle. Em 1996, invadiu a América do Sul, chegando ao Brasil em 1997. Apesar do tamanho a companhia aérea vivia com problemas financeiros, chegando a pedir concordata em 2005. Depois de 19 meses de uma enorme e dolorosa reestruturação a companhia aérea voltou a ser lucrativa em 2007, conseguindo assim sair da concordata.
    A surpreendente recuperação da Delta não parou por aí. No dia 14 de abril de 2008, anunciou uma enorme fusão com a Northwest Airlines, criando assim a maior empresa aérea do planeta. A nova companhia aérea tinha um valor na Bolsa de  US$ 17.7 bilhões. Para entrar em vigência, o acordo teve que ser aprovado pelas autoridades que avaliaram que a fusão não causaria dano à concorrência do setor, criando assim a maior linha aérea dos Estados Unidos, financeiramente segura, com capacidade de investir em seus empregados e em seus clientes e criada para progredir em um mercado cada vez mais competitivo. A partir de 2010 a fusão foi completada, e todas as aeronaves da Northwest Airlines passaram a voar com as pinturas e o logotipo da, agora, gigante Delta.
  • Você Sabia?
    A DELTA concentra mais de 75% por cento do tráfego na região de Atlanta, com mais de 1.000 vôos diários para 217 destinos. E olhe que Atlanta possui o aeroporto com maior número de passageiros no mundo.
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Companhias Aéreas Internacionais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s