Buenos Aires

Por Gabriela Ramos

 

  • Destino: Buenos Aires
  • País: Argentina
  • Distrito: Buenos Aires
  • Ano de Fundação: 1536
  • Moeda: Peso Argentino
  • Idioma Oficial: Espanhol
  • Religião Predominante: Catolicismo
  • Regime de Governo: Democracia
  • Feriados Oficiais:
    01° de Janeiro – Ano Novo
    24° de Março – Dia da Memória, verdade e Justiça
    02° de Abril – Dia de “los caídos” e Ex-combatentes das Malvinas
    01° de maio – Dia do Trabalho
    25° de maio – Dia Nacional (Aniversário da Revolução de 1810)
    10° de junho – Comemoração da Soberania sobre as Malvinas
    20° de Junho – Dia da Bandeira Nacional
    09° de julho – Dia da Independência
    17° de agosto – Aniversário da morte do General José de San Martín
    12° de outubro – Dia da Raça
    08° de dezembro – Dia da Imaculada Concepção
    25° de dezembro – Natal
  • Número de Habitantes: 13 milhões
  • Número de Aeroportos: 2
  • Aeroportos: Internacional de Ezeiza (EZE) e Nacional Aeroparque Jorge Newbery (AEP)
  • Companhias que Voam para o Destino: Pluna (PU), Tam (JJ), Gol (G3), Aerolineas (AR), Brithish Airways (BA), Lan (LA)
  • Principais Pontos Turísticos: 

Basílica Nossa Senhora Do PilarPraça de MaioCasa RosadaEdifício CabildoTeatro Colón

  • Temperatura média:
    Inverno: 11°C
    Verão: 24°C
  • Fuso horário em relação à Brasília: 0 hora
  • História: A cidade foi fundada pela primeira vez em 3 de fevereiro de 1536 por Pedro de Mendoza, com o nome de Nuestra Señora del Buen Ayre. A cidade foi abandonada, arrasada pelos índios e refundada em 11 de junho de 1580 por Juan de Garay com o nome de Ciudad de la Santísima Trinidad y Puerto de Nuestra Señora del Buen Ayre. Buenos Aires teve um escasso desenvolvimento até que em 1776 foi nomeada capital do Vice-reino do Rio da Prata. Desde esse momento começou a evoluir rapidamente devido ao impulso comercial que a beneficiou, desenvolvendo-se não apenas economicamente mas também culturalmente. A chegada de idéias liberais fomentou a criação de movimentos emancipadores, que desencadearam em 1810 a Revolução de Maio e a criação do primeiro governo pátrio. Logo depois das guerras civis e da reunificação do país, Buenos Aires foi eleita lugar de residência do Governo Nacional, ainda que este carecesse de autoridade administrativa sobre a cidade, que formava parte da província de Buenos Aires. A necessidade do Governo Nacional de federalizá-la, somada ao movimento de tropas ordenado pelo governador da província, Carlos Tejedor, produziu em 1880 uma série de confrontos que terminariam com a derrota da província de Buenos Aires e a união da cidade ao sistema federal. Em 1882, o Congresso Nacional criou a figura dos intendentes e o Conselho Deliberante da cidade. O intendente não era eleito por voto popular e sim designado pelo Presidente da Nação em conformidade com o Senado. O primeiro a exercer o novo cargo foi Torcuato de Alvear, designado em 1883 por Julio A. Roca. Congresso da Nação Argentina em 1910. A partir do final do século XIX e princípios do século XX a cidade sofreu importantes transformações.
    A prosperidade econômica que atravessava o país, somada às preparações para o I Centenário da Revolução que se celebraria em 1910 permitiram que a infra-estrutura urbana se desenvolvesse. Isto incluiu não apenas a construção de novos edifícios, praças e monumentos, mas também uma melhoria geral nos serviços públicos que lhe permitiu contar em 1913 com o primeiro metrô Iberoamericano. Com a reforma da Constituição argentina de 1994 a cidade pôde contar com sua própria Constituição e com um governo autônomo de eleição direta. Em 30 de junho de 1996 celebraram-se as eleições que designariam o Chefe de Governo da Cidade, assim como os legisladores que sancionariam a Constituição da Cidade. Nas eleições para o Poder Executivo saiu vencedora a fórmula radical de Fernando de la Rúa, que assim se tornava no primeiro Chefe de Governo. Com dois meses de deliberações, a Convenção Constituinte sancionou, finalmente, em 1º de outubro de 1996 a Constituição da Cidade de Buenos Aires.
  • Informações Gerais: Em Buenos Aires o horário comercial é bastante amplo. Os principais shoppings onde se encontram as marcas nacionais e internacionais mais conhecidas permanecem abertos até as 22 h. 
  • Você Sabia?
    O metrô de Buenos Aires foi o primeiro da América do Sul, inaugurado em 1913
    O Río de la Plata, que banha Buenos Aires, é considerado o mais largo do mundo, chegando a medir 90 km entre ambas margens

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Destinos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s